É O CUMPRIMENTO DO ACORDO DE GREVE 2014.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Servidores do DETRAN/RS encerram a greve e fecham acordo com o Governo


Crédito das fotos: Bárbara Nunes/BBC Fotografias


Os Servidores do DETRAN/RS decidiram aceitar proposta negociada com o Governo Estadual nesta segunda-feira, 15, que encaminha projeto de lei ainda nesta semana contemplando reajuste da matriz salarial de forma igualitária para todos os cargos. A Categoria também encerrou o Estado de Greve e a mobilização de Greve. Tratou ainda da nova etapa de mobilização que se inicia junto à Assembleia Legislativa para aprovação do projeto de lei. As decisões ocorreram em assembleia-permanente realizada na sala Rio Grande, do Hotel Ritter, em Porto Alegre.

Mais cedo, em reunião na Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos (SARH), o secretário executivo do Comitê de Diálogo Permanente (Codipe), Vinicius Winter, informou que a contraproposta apresentada pelo Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS (SINDET) não foi aceita, porque, no entendimento do Governo Estadual, o projeto de lei proposto à Categoria já contemplava equiparação dos cargos de técnico superior e técnico analista do DETRAN/RS ao DAER. Diante da forte argumentação da direção do do comando de greve e do SINDET, insistindo na readequação dos percentuais dentro de uma matriz salarial única, o chefe de gabinete da SARH, Heitor Luiz Lermen, propôs encaminhar novo projeto de lei com índice único de reajuste para todos os cargos como aumento salarial à Categoria, sem equiparação com o DAER.

Também foi definido na reunião que a publicação das promoções, retroativa a 1º de outubro, será feita ainda nesta semana. Do mesmo modo, até o final desta semana, será publicada portaria para criação de uma comissão especial para análise técnica referente ao pedido de coberturas móveis e banheiros químicos nos locais de prova de direção veicular no Estado. “Queremos que o estudo seja feito para que a demanda seja levada adiante, mas o compromisso é agora”, reforçou a presidenta do SINDET, Maria Goreti Alves da Costa, durante manifestação aos servidores que realizavam Vigília em frente ao prédio da SARH.

Na proposta de negociação com o Governo Estadual também fica acordado que o Dia de Greve será abonado mediante compensação e que os servidores que aderiram à greve não podem sofrer qualquer tipo de retaliação.


Servidores do DETRAN/RS aguardam resposta do Governo Estadual




Crédito da foto: Claiton Dornelles/BBC Fotografias


O Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS (SINDET) aguarda com expectativa resposta do Governo Estadual em relação a sua contraproposta que sugere índice único para reajuste da matriz salarial dos cargos de nível superior e médio da Categoria. A decisão será apresentada nesta segunda-feira, 15 de dezembro, às 14 horas, em reunião na Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos (SARH).

Do lado de fora, os Servidores realizam Vigília para acompanhar a negociação. Na sequência, às 16 horas, será realizada assembleia-permanente na Sala Rio Grande, do Hotel Ritter (Rua Largo Vespesiano Veppo, 55, Centro, Porto Alegre), para apreciação da proposta final e decisão quanto aos rumos da mobilização, que segue em Estado de Greve.

As demais reivindicações da Categoria já estavam contempladas na proposta do Governo Estadual. São elas: publicação das promoções, readequação do plano de carreira no que se refere às progressões e pagamento da GRAEX no período de licença saúde do Examinador. O diretor-geral adjunto do DETRAN/RS, Denilson da Silva, também se comprometeu em criar uma comissão para análise técnica quanto à instalação de coberturas móveis e banheiros químicos nos locais de prova de direção veicular no Estado, garantindo proteção e conforto a Examinadores e candidatos.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

SINDET entrega contraproposta ao Governo Estadual


Fotos: Claiton Dornelles/BBC Fotografias

Na manhã desta quinta-feira, 11 de dezembro, o Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS (SINDET) formalizou a entrega da contraproposta da Categoria ao Governo Estadual, em especial no que se refere ao item matriz salarial, sugerindo índice único aos cargos de nível superior e médio. "Não aceitamos a divisão. Somos todos servidores da Autarquia", frisou a presidenta do SINDET, Maria Goreti Alves da Costa, em frente ao Palácio Piratini. "Estamos apostando na negociação e nossa expectativa fica para segunda-feira (15 de dezembro), quando aguardamos proposta que contemple a todos sem distinção", afirmou ela.



Um grande grupo de servidores acompanhou a entrega coletiva desta contraproposta, que foi aprovada por maioria de votos na assembleia-permanente desta quarta-feira, 10. No Palácio Piratini, os representantes do SINDET foram recebidos pelo assessor Gilberto Fontoura. Ele disse que o documento será analisado pelo DETRAN/RS, Casa Civil, Secretaria da Fazenda e pela Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos (SARH) para que a resposta definitiva do governo seja apresentada na segunda-feira, 15, em reunião às 14 horas.



Na sequência, os servidores se deslocaram até a SARH para formalizar a entrega da contraproposta ao secretário executivo do Comitê de Diálogo Permanente (Codipe), Vinícius Winter. A presidenta do SINDET reforça a importância da participação de toda a Categoria na Vigília agendada para segunda-feira, 15, às 14 horas, em frente à sede da SARH, quando será apresentada a proposta final do Governo Estadual. Maria Goreti também convoca todos os servidores para a assembleia-permanente marcada para o mesmo dia 15, às 16 horas, na Sala Rio Grande do Hotel Ritter (Rua Largo Vespesiano Veppo, 55, Centro, Porto Alegre).

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Contraproposta dos Servidores do DETRAN/RS será entregue ao Palácio Piratini nesta quinta-feira, 11 de dezembro


Crédito da foto: Claiton Dornelles/BBC Fotografias

Em assembleia-permanente realizada na tarde desta quarta-feira, 10, na sala Rio Grande, do Hotel Ritter, em Porto Alegre, os servidores do DETRAN/RS deliberaram sobre os avanços da negociação com o Governo Estadual. Por maioria de votos (apenas um voto contra e duas abstenções), foram aceitos os itens da proposta do governo que atendem às reivindicações da Categoria (publicação das promoções, readequação do plano de carreira no que se refere às progressões e pagamento da GRAEX no período de licença saúde do Examinador), substituindo apenas o item matriz salarial pela contraproposta sugerida pelo Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS (SINDET). A contraproposta será formalizada ao Governo Estadual com entrega coletiva pelos servidores nesta quinta-feira, 11, às 10 horas, no Palácio Piratini. Também decidiram realizar vigília na segunda-feira, 15, durante audiência marcada com o Governo Estadual.

Pela manhã, no gabinete da Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos (SARH), SINDET recebeu proposta do Governo Estadual em resposta às reivindicações da Categoria. Na ocasião, o secretário executivo do Comitê de Diálogo Permanente (Codipe), Vinicius Winter, o chefe de gabinete da SARH, Heitor Luiz Lermen, o diretor-geral adjunto do DETRAN/RS, Denilson da Silva, e o assessor da Casa Civil Gilberto Fontoura apresentaram minuta de projeto de lei (PL).

De acordo com a minuta do PL, os servidores de nível médio não estariam contemplados no item matriz salarial. Para contornar este problema, o SINDET apresentou contraproposta que reduz índices previstos somente aos servidores de nível superior, distribuindo o percentual também aos cargos de nível médio. Assim toda a categoria receberia percentual único de reajuste, sem gerar impacto financeiro ao Estado.

O assessor da Casa Civil Gilberto Fontoura, defendeu o PL apresentado pelo governo, afirmando que 90% da pauta do SINDET estão contemplados. Ele estabeleceu prazo para o que o Governo Estadual analise a contraproposta do sindicato até a segunda-feira, 15, agendando nova reunião para aquela data às 14 horas. Fontoura enfatizou que a terça-feira, 16, é a data limite para encaminhamento do projeto de lei à Assembleia Legislativa dentro do mandato do atual governo. Já o diretor-geral adjunto do DETRAN/RS, Denilson da Silva, informou que criará uma comissão para análise técnica das estruturas físicas (coberturas móveis e banheiros químicos) solicitadas pelo SINDET para oferecer mais proteção e conforto aos Examinadores e candidatos nos locais de prova de direção veicular no Estado.


A presidenta do SINDET, Maria Goreti Alves da Costa avaliou o avanço das negociações. “O governo atendeu algumas das reivindicações da categoria, como a efetivação do plano de carreira, em que valoriza mais títulos. Nossa mobilização está caracterizada pela unidade da categoria e pela disposição no atendimento de suas reivindicações”, declarou. Os servidores seguem em Estado de Greve. Nova assembleia-permanente marcada para segunda-feira, 15, às 16 horas.

SINDET recebe proposta do Governo Estadual e aprecia conteúdo em Assembleia com a Categoria


Foto: Claiton Dornelles/BBC Fotografias


Em reunião realizada na manhã desta quarta-feira, 10 de dezembro, no gabinete da Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos, o Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS recebeu proposta do Governo Estadual em resposta às reivindicações da Categoria. O conteúdo do projeto de lei que trata das promoções, progressões, GRAEX e matriz salarial será apreciado em assembleia-permanente, às 15 horas desta quarta-feira. Na audiência, o DETRAN/RS informou que criará uma comissão para análise técnica das estruturas físicas (coberturas móveis e banheiros químicos) solicitadas para oferecer mais proteção e conforto nos locais de prova.

Contamos com a participação de todos na Assembleia desta quarta-feira, às 15 horas, na sala Rio Grande, do Hotel Ritter (Rua Largo Vespesiano Veppo, 55, Centro, Porto Alegre).

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Servidores do DETRAN/RS aguardam proposta do Governo Estadual

O Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS (SINDET) aguarda para esta quarta-feira, 10 de dezembro, proposta do Governo Estadual, na forma de Projeto de Lei, que atenda as principais reivindicações da Categoria. A audiência acontece às 10 horas, no gabinete da Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos (SARH).
Também nesta quarta-feira, 10 de dezembro, os servidores se reúnem para continuação da assembleia-geral extraordinária iniciada em 26 de novembro, que deflagrou a paralisação do dia 1º de dezembro. A retomada dos trabalhos tem início às 15 horas, na sala Rio Grande, do Hotel Ritter (Rua Largo Vespasiano, Júlio Veppo, 55, Centro, Porto Alegre). Nesta oportunidade, a Categoria vai avaliar o resultado da proposta do Governo Estadual e decidir os rumos da mobilização (manutenção ou encerramento do estado de greve, ou retorno à greve geral). Como condição ao fim do estado de greve, o SINDET exige o abono da falta e a ausência de retaliações e/ou represálias aos servidores que usaram do seu direito de greve.



Nesta segunda-feira, 8 de dezembro, o SINDET conversou com os Examinadores, na Divisão de Exames Teórico e Prático (DIVEX), e visitou todos os setores da Autarquia para esclarecer dúvidas e reforçar a pauta em negociação. "A Categoria está dando uma demonstração de unidade, coesão e maturidade. As decisões estão sendo tomadas coletivamente, com representação ampliada e significativa dos servidores", destaca a presidenta do SINDET, Maria Goreti Alves da Costa.

O que a Categoria reivindica:


1) Publicação das promoções dos servidores do DETRAN/RS a contar de 1º de outubro de 2014, uma vez que as promoções dão efetividade ao Plano de Carreira;

2) Readequação do Plano de Carreira no que se refere à progressão (valoração de títulos);

3) Matriz salarial - Aplicação dos mesmos índices sobre os vencimentos básicos e mesmos prazos concedidos a autarquias com atividades similares, conforme compromisso assumido com a categoria em 2011 e reiterado em 2012, aplicados a todos os cargos da Autarquia.

4) Condições de trabalho: GRAEX: Pagamento da GRAEX em período de licença-saúde do servidor examinador de trânsito e instalação de abrigos e banheiros, para atender candidatos e servidores públicos, nos locais de exames de direção veicular no Estado.

sábado, 6 de dezembro de 2014

EDITAL


EDITAL


O SINDICATO DOS SERVIDORES DO DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO RIO GRANDE DO SUL - SINDET, em conformidade com as leis em vigor e o Estatuto desta Entidade, convoca a categoria dos servidores do DETRAN/RS, em especial seus sindicalizados, para a continuação da ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA iniciada no dia 26/11/2014, com a retomada dos trabalhos no dia 10 de dezembro de 2014, às 15 horas em primeira chamada e às 15 horas e 30 minutos, em segunda chamada, com qualquer quorum, no Hotel Ritter, localizado na Rua Largo Vespasiano, JúlioVeppo, 55 – Centro – Porto Alegresala Rio Grande, com a mesma ordem do dia da Assembleia-Geral Extraordinária do dia 26/11/2014, em especial os seusitens 2 e 3:

2. Avaliação dos fatos e dos resultados das audiências.


3. Mobilização da Categoria:


> debate e deliberação sobre paralisação, estado de greve ou greve.
Porto Alegre, 06 de dezembro de 2014.

MARIA GORETI ALVES DA COSTA

Presidenta do SINDET

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Governo apresenta, no dia 10, proposta ao servidores do DETRAN/RS


Crédito das fotos: Claiton Dornelles/BBC Fotografias


Em reunião realizada na tarde desta terça-feira, 2 de dezembro, no gabinete da Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos (SARH), o comando de greve do Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS (SINDET) apresentou pré-projeto com as principais reivindicações da categoria ao governo estadual. A apresentação da proposta governista ficou agendada para o dia 10 de dezembro, às 10 horas, no mesmo local.

Maria Goreti Alves da Costa
No documento do SINDET, constam: pedido pela publicação das promoções e das progressões, encaminhamento de projeto de lei que outorgue ao DETRAN a mesma matriz financeira do DAER e pagamento da gratificação de examinador (GRAEX). “A progressão dos servidores do DETRAN está restrita, enquanto que, no DAER, a quantidade de títulos (de nível superior) permitidos é muito mais ampla”, afirmou a presidenta do SINDET, Maria Goreti Alves da Costa. Na ocasião, ela enfatizou ainda que não abre mão das melhorias já conquistadas aos servidores de nível médio da autarquia.

Um outro ponto de destaque do pré-projeto é o pedido para disponibilização de abrigos móveis e de banheiros químicos nos locais de prova de habilitação de motoristas. “Isto garantiria maior proteção nos dias de sol e de chuva e conforto aos examinadores, mas também aos candidatos, familiares e profissionais dos CFCs (Centros de Formação de Condutores) que acompanham os alunos nas provas”, afirmou a presidenta. Maria Goreti disse ainda que a categoria votou pela suspensão da greve-geral incluindo outras duas condições: o abono do ponto dos grevistas no dia 1º de dezembro e a garantia de que não haverá retaliação aos servidores que paralisaram o trabalho na última segunda-feira.


Gilberto Fontoura
Heitor Luiz Lermen
Vinícius Winter
O grupo foi recebido pelo secretário executivo do Comitê de Diálogo Permanente (Codipe), Vinicius Winter, pelo chefe de gabinete da SARH, Heitor Luiz Lermen, pelo diretor-geral adjunto do Detran, Denilson da Silva e pelos assessores da Casa Civil Fausto Loureiro e Gilberto Fontoura – estes dois fazendo valer o compromisso assumido durante a audiência de 1º de dezembro, no Palácio Piratini. Na reabertura do diálogo, Winter expressou que a posição do Condipe é de ouvir as reivindicações a fim de estudar e tentar resolver a situação. Também em discurso conciliatório, Lermen disse que é preciso trabalhar para construir o melhor acordo, tendo o dia 10 como data limite para apresentar proposta do governo que dialogue com as reivindicações do SINDET.

Denilson da Silva
Fausto Loureiro
Salientando que o governo tem apenas cinco dias úteis para apresentar a proposta aos servidores, Loureiro pediu ao comando de greve que formalize, na manhã desta quarta-feira, 3 de dezembro, projeto com o conjunto de reivindicações. Ele solicitou ainda que o texto seja o mais objetivo possível para garantir o trânsito pela SARH, Secretaria da Fazenda e Casa Civil, uma vez que deverão ser consultados aspectos de legalidade e aprovação orçamentária. Neste sentido, Silva afirmou que o assunto será tratado com velocidade atípica, buscando uma leitura única, por parte dos diferentes setores do governo envolvidos, a respeito do que for apresentado.

Além da presidente do SINDET, Maria Goreti Alves da Costa, o comando de greve esteve representado por Gladis Trindade, Marcio Berr, Rogério Costa, Douglas Soares, Anuar Melo e Juliana Pereira.


JulianaOliveira
Anuar Melo, Douglas Soares, Rogério Costa e Marcio Berr
Gladis Trindade

Negociação e Vigília hoje, às 16h


Crédito da foto: Claiton Dornelles/BBC Fotografias


Hoje (02/12) é dia de vigília pela nossa luta! Todos estão convocados a participar da manifestação não ruidosa em frente à Secretaria Estadual de Administração e dos Recursos Humanos (Avenida Borges de Medeiros, 1501), a partir das 16 horas.
Neste horário, o comando de greve do Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS - SINDET - inicia a negociação com a SARH e DETRAN/RS, acompanhados da Casa Civil. Em pauta, a recomposição do plano de carreira, promoções, progressões, gratificação de examinador, melhores condições de trabalho e a equiparação salaria ao DAER.
Queremos repetir a mesma forte e madura participação da categoria, vista ontem na mobilização em frente ao Palácio Piratini (foto acima).

O QUÊ: Reunião de negociação e vigília não ruidosa
QUANDO: hoje (02/12), às 16 horas
ONDE: Secretaria Estadual de Administração e dos Recursos Humanos (Avenida Borges de Medeiros, 1501)

Foto histórica para a categoria

Crédito da foto: Claiton Dornelles/BBC Fotografias


"Esta é uma foto histórica", enfatizou a presidenta do Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS - SINDET, Maria Goreti Alves da Costa, sobre o registro oficial da participação dos Técnicos Superiores na paralisação da categoria, no dia 1º de dezembro. "Eles foram peça-chave do nosso movimento. Às 7 horas da manhã estavam em greve. Foi uma demonstração muito forte da união desta categoria", completou. A adesão dos examinadores causou forte impacto nos serviços do DETRAN/RS.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Servidores do DETRAN/RS suspendem greve e abrem negociação com o governo estadual


Crédito das fotos: Claiton Dornelles/BBC Fotografias


Em assembleia-permanente realizada na tarde desta segunda-feira, 1º de dezembro, os servidores do DETRAN/RS votaram por suspender a greve-geral até o próximo dia 10, data em que se encerra o prazo estabelecido pelo governo estadual para negociação e encaminhamento de proposta à Assembleia Legislativa que contemple as reivindicações da categoria. A interrupção da paralisação é condicional ao abono do dia não trabalhado, publicação das promoções e ausência de qualquer tipo de retaliação, sendo considerada um voto de confiança ao governo, em razão da abertura de diálogo conciliatório. "Como o governo sinalizou que nossas colocações serão atendidas, a categoria decidiu acreditar no avanço e seriedade das propostas", avaliou a presidenta do Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS (SINDET), Maria Goreti Alves da Costa.

Porém, em meio às comemorações pelo avanço da negociação, os servidores foram surpreendidos pela informação de que o chefe-adjunto da Casa Civil, Flávio Hellman, que havia recebido o comando de greve pela manhã, foi exonerado da função, sendo designado para o Tribunal Militar, conforme o Diário Oficial do Estado desta segunda-feira. A informação chegou a causar desconfiança em relação às tratativas iniciadas com o Piratini. No entanto, por e-mail, o assessor do gabinete da Casa Civil, Fausto Loureiro, ratificou ao SINDET que as decisões tratadas na audiência estavam mantidas por parte do governo gaúcho. Loureiro também participou do encontro desta manhã.

A assembleia-permanente de hoje também decidiu realizar vigília nesta terça-feira, 2, às 16 horas, na Secretaria Estadual de Administração e Recursos Humanos, quando o SINDET já inicia a negociação juntamente com DETRAN/RS e Casa Civil. A pauta de negociação inclui a recomposição do plano de carreira, promoções, progressões, gratificação de examinador e melhores condições de trabalho para os examinadores, como coberturas móveis para proteção do sol e da chuva e banheiros químicos nos locais de prova para habilitação de motoristas. Também será discutida a equiparação salarial do DETRAN ao DAER, como estava prevista nos acordos assinados em 2011 e 2012. Os servidores seguem em assembleia-permanente, podendo ser convocados a qualquer momento para apreciar o andamento da negociação.

Governo abre diálogo! Assembleia às 14h para apreciação da negociação


Crédito da foto: Claiton Dornelles/BBC Fotografias

Recebidos pelo chefe-adjunto da Casa Civil, Flávio Hellman, e dos assessores Fausto Loureiro e Gilberto Fontoura, os integrantes do comando de greve do Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS - SINDET - apresentaram as reivindicações da categoria. Após 40 minutos de diálogo, a presidenta do SINDET, Maria Goreti Alves da Costa, exclamou: "Até que enfim sim!", em referência aos "nãos" recebidos até o momento.
A proposta do governo estadual é que, na condição de que a greve seja suspensa, será encaminhada proposta concreta de abrir negociação que avance as questões de recomposição do plano de carreira, promoções, progressões, GRAEX Saúde e estrutura para os examinadores (como coberturas móveis para proteção do sol e da chuva e banheiros químicos). Também será discutida o que Hellmann chamou de "paradigma da equiparação ao DAER". O prazo para conversação deste projeto é 10 de dezembro de 2014.
Ao anunciar os pontos conversados com o governo gaúcho, Maria Goreti convocou assembleia para apreciação, agendada para as 14 horas desta segunda-feira, 1º de dezembro, no Hotel Ritter (Largo Vespesiano Veppo, 55), em Porto Alegre.

IMPORTANTE: os servidores deverão assinar o ponto de greve no local da assembleia.

domingo, 30 de novembro de 2014

É hora de parar geral


  • Concentração às 7 horas, em frente ao prédio da Secretaria de Segurança Pública do Estado.
  • Às 9 horas, o comando de greve do Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS – SINDET – tem audiência com a Casa Civil, no Palácio Piratini. Em pauta, estão quatro reivindicações principais: pagamento da inflação do período, efetivação das promoções, correção da progressão e equiparação salarial com DAER, conforme proposto nos acordos assinados com a categoria em 2011 e 2012.
  • O SINDET salienta que cumpriu todas as exigências legais para deflagração da greve-geral, tornando o movimento legítimo, o que evita retaliações aos grevistas.

Valorização, Equiparação, Progressão!


  • Concentração às 7 horas, em frente ao prédio da Secretaria de Segurança Pública do Estado.
  • Às 9 horas, o comando de greve do Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS – SINDET – tem audiência com a Casa Civil, no Palácio Piratini. Em pauta, estão quatro reivindicações principais: pagamento da inflação do período, efetivação das promoções, correção da progressão e equiparação salarial com DAER, conforme proposto nos acordos assinados com a categoria em 2011 e 2012.
  • O SINDET salienta que cumpriu todas as exigências legais para deflagração da greve-geral, tornando o movimento legítimo, o que evita retaliações aos grevistas.

Servidores do DETRAN/RS têm audiência com a Casa Civil



A partir desta segunda-feira, 1º de dezembro, os servidores do DETRAN/RS entram em greve-geral por tempo indeterminado. Ficam paralisados os serviços de aplicação de exames práticos e teóricos, julgamento e aplicação de penalidades, atendimento e suporte aos credenciados, cumprimento de determinações judiciais relacionadas à habilitação, penalidades, veículos e aos demais serviços do DETRAN, atendimento aos depósitos e desmanches, além dos CFCs e CRVAs.

A concentração começa às 7 horas, em frente ao prédio da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Às 9 horas, o comando de greve do Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS – SINDET – tem audiência com a Casa Civil do governo estadual, no Palácio Piratini. Em pauta, estão quatro reivindicações principais: pagamento da inflação do período, efetivação das promoções, correção da progressão e equiparação salarial com DAER, conforme proposto nos acordos assinados com a categoria em 2011 e 2012.

Por estarem em assembleia-permanente, os servidores podem ser convocados a qualquer momento para avaliação das tratativas com a Casa Civil e votar pelo fim ou continuidade da paralisação. O SINDET salienta que cumpriu todas as exigências legais para deflagração da greve-geral, tornando o movimento legítimo, o que evita retaliações aos grevistas.

Itens 5 e 6 foram descumpridos pelo governo estadual


Jornal Zero Hora, edição de 30/11/2014


sábado, 29 de novembro de 2014

Greve do DETRAN/RS inicia segunda

Decidida em Assembleia-Geral da Categoria na quarta, 26, a greve dos Servidores do DETRAN inicia na próxima segunda-feira, dia 01 de dezembro.

A Categoria, que é composta por aproximadamente 700 Servidores, pede resposição salarial, adequação das progressões, publicação e pagamento das promoções, além do cumprimento de acordos assumidos pelo governo do Estado em 2011 e 2012.

" O DETRAN está fechado para negociar. Há itens que estão pendentes do Acordo de Greve assinado em 2012", afirmou Maria Goreti Alves da Costa, presidente do Sindicato da Categoria, o SINDET, que também registrou que os Servidores se encontram em Assembleia permanente.

Ficam prejudicados a aplicação de Exames de Direção, atendimento ao público, julgamento e aplicação de penalidades, serviços relacionados com CNH, registro de veículos, depósitos, entre outros. 

Às 9h de segunda-feira o Comando de Greve se reúne com a Casa Civil, inicia a rodada de negociação. 

Com colaboração de Rádio Gaúcha.

Orientações aos Grevistas do DETRAN

Boa tarde colegas,

Informamos que as orientações sobre a greve do DETRAN e os encaminhamentos mais detalhados foram encaminhados por e-mail e também pelo grupo do Facebook.

Todos os Servidores estarão reunidos em frente ao Palácio Piratini, a partir das 9h de segunda-feira, nesse mesmo horário, o Comando de Greve tem uma audiência com a Casa Civil.

Telefones e contatos:
(51) 9915-6046: Goreti
(51) 8551-6691 Márcio Berr
(51) 3024-6046 Sede do SINDET
(51) 9706-1319 Douglas

Comunicado à Sociedade


quinta-feira, 27 de novembro de 2014

SERVIDORES DO DETRAN ENTRARÃO EM GREVE A PARTIR DE SEGUNDA, 01


Os Servidores do DETRAN/RS votaram ontem, 26, a realização de uma greve-geral na Autarquia a partir de segunda-feira, 01 de dezembro. A greve é por tempo indeterminado.

Participaram da assembleia-geral da Categoria, cerca de 300 Servidores que atuam na capital.

A deflagração da greve ocorreu após a protocolização, na Assembleia Legislativa, do projeto de lei 257/2014, que estabelece um novo plano de carreira para o DAER, órgão similar ao DETRAN, que também integra o Sistema Nacional de Trânsito e que por recomendação da CPI da Corrupção (deflagrada pela Operação Rodin) deve servir como referência salarial para o Órgão de Trânsito.

Os servidores daquela Autarquia Rodoviária ganharão reajuste nos vencimentos, na gratificação de produtividade rodoviária e na matriz funcional.

DATA-BASE DO DETRAN E DESCUMPRIMENTO DO ACORDO DE GREVE

Os Servidores do DETRAN estão no mês da sua data-base, definida em acordo de greve assinado, em 2012, pela deputada Stella Farias e pelo secretário da Administração Alessandro Barcellos. Neste ano, os Servidores pleitearam junto ao governo a recomposição dos vencimentos, o pagamento das promoções funcionais e a regularização da progressão, conforme previsto no acordo assinado. Sem obter sucesso. 

O acordo assinado por Farias prevê, também, a equiparação da matriz salarial do DETRAN a do DAER até o fim da atual gestão. 

Dos três itens discutidos nenhum foi acolhido pelo Piratini, que embasou sua negativa na Lei de Responsabilidade Fiscal, LRF, e na Lei Eleitoral, entretanto, encaminhou projeto de lei reajustando os vencimentos do DAER e a sua gratificação, fato que gerou revolta entre a Categoria. 

Fomos desrespeitados mais uma vez por esse governo. Fomos enganados, encerramos uma greve, a primeira do DETRAN, acreditando na palavra do governador do Estado, da deputada Stella Farias e do secretário Alessandro Barcellos. O DETRAN, mais uma vez, está sendo preterido. Porque o governo disse que não poderia pagar a recomposição para o Quadro do DETRAN e está reajustando os vencimentos do DAER em percentual superior ao da inflação? Qual é a diferença? O que justifica uma diferença de 35% entre esses quadros, se o próprio governo, quando oposição, defendia a equiparação dos salários? Foi a declaração de um Servidor durante sua fala na AGE.

Para hoje, 27, a partir das 14 horas, está marcada uma manifestação dos Servidores em frente ao Palácio Piratini.

Ofício 006-074/2014






Of. N.º 006-074/2014 – SINDET                               Porto Alegre, 26 de novembro de 2014.

             
Senhor Diretor-Geral,



Categoria dos servidores do DETRAN/RS, reunida em Assembleia-Geral Extraordinária, realizada nesta data, deliberou por entrar em GREVE GERAL por prazo indeterminado, a contarda próxima segunda-feira, dia 01/12/2014uma vez que o Governo Estadual assinou acordos (inclusive de greve) com a Categoria, assumindo o compromisso de equiparar os vencimentos dos servidores do DETRAN com os da Autarquia símile DAER.

Porém, em flagrante descumprimento dos compromissos assumidos, encaminhou o PL 257/14, para a Assembleia Legislativa, ampliando as diferenças entre as categorias, com aumento real da matriz salarial dos servidores do DAER, e na negociação da semana passada, em reuniões no CODIPE, os representantes do Governo sustentaram que não poderiam encaminhar o pagamento da inflação, publicação das promoções e correção da progressão, diante da Lei de ResponsabilidadeFiscal e da Lei Eleitoral. Contrariando os argumentos acima apresentados, o próprio governo encaminhou o PL 257/14.

Com efeito, reivindicamos o mesmo tratamento dispensado aos servidores do DAER e só retornaremos às atividades quando Governo Estadual atender os compromissos assinados com a categoria.



                                                    Atenciosamente,





                                          Maria Goreti Alves da Costa
                    Presidenta do Sindicato dos Servidores do DETRAN/RS
Senhor
Leonardo Kauer Zinn
Diretor-Geral do DETRAN/RS
Porto Alegre RS

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

GREVE inicia dia 01/12/2014


ASSESSORIA DE IMPRENSA DO SINDET

(51) 9915-6046
(51) 3024-6046
(51) 8551-6691
sindet2009@gmail.com
databasedetranrs2014@gmail.com